mario-herrero-valeiro

Depois da publicação de 4 livros de poemas do Mário Herrero publicados em diferentes editoras, agora apresenta-se Outra Vida. 22 poemas, uma confissão e um esclarecimento, que vem de ser publicada pela ATRAVÉS|EDITORA.

É surpreendente ver como as palavras que não encontravas há mais de vinte anos surgem agora, espidas e terríveis, como aquelas mulheres que nunca amaste. Ou como aquelas que nunca existiram, apenas na imagem que delas construíste, triste amante adolescente, amargas lembranças de uma história que nunca ousarás escrever. Surgem agora os poemas que não escrevi há vinte e cinco anos. Fluem os versos e a cabeça explode.

A maior parte dos textos que compõem este breve catálogo de impudicas torpezas são produto de um estranho agosto, que agora, por fim, acaba de morrer. Ou que talvez nunca morra já na minha memória. E no meu corpo. De um agosto em que quebrei a minha vida de uma forma imprevista. De umas semanas plenas de ridícula fraqueza em que me destrui sem piedade.

FICHA TÉCNICA AUTOR:

Ano: 2013

Capa brochada

12 x 17 cm

64 páginas

ISBN: 978-84-87305-78-6

PVP: 8 €

Diagramador: Xosé Antom Serém

Desenho de capa: Carlos Ndungmandum

mario-herrero

Mário J. Herrero Valeiro (Corunha, 1968). Licenciado em Filologia Hispânica pola Universidade de Santiago de Compostela e doutor em Filologia Hispânica Universidade da Corunha, trabalha de tradutor. Para além de uma extensa obra sociolinguística em atas de congressos e seminários, é autor de vários livros de poemas, entre eles, Outra Vida. Ganhou em 2015 o Prémio literário Glória de Sant’Anna, ao melhor livro de Poesia em Língua Portuguesa. É membro da Academia Galega da Língua Portuguesa.

Página do autor
INTERESSADO VISITE A NOSSA LOJA