curso-de-linguistica-geral

Curso de Linguística Geral é o número 21 da colecão Através das Letras, mais uma publicação de poesia, nesta ocasião da autoria de Igor Lugris.

Fernando Pessoa fez um contributo de singular importância para a teoria literária quando assegurou que o poeta é um fingidor. “Finge tão completamente/ Que chega a fingir que é dor,/ a dor que deveras sente“. Igor Lugris veste-se nesta entrega com as peças de Pessoa e com todo o detalhe dispõe os seus versos em torno a uma peculiar teoria do fingimento.

Porém, esta a sua pretensão não é inócua. Igor Lugris sabe que sabemos. Sabe que o seu roubo é apenas uma citação para deslocar-nos precisamente onde ele nos quer: fora de contexto.

(Tirado do prólogo de Teresa Moure)

FICHA TÉCNICA AUTOR:

Ano: 2016, janeiro

Capa: brochado

12 x 17 cm

144 páginas

ISBN: 978-84-87305-01-6

DL: C 21-2016

PVP: 9 €

Diagramador: Xosé Antom Serém

Desenho de capa: Através Editora

igor-lugris-2-0-1

Igor Lugris nasceu em Melide em 1971. Licenciado em Filologia Hispânica pela Universidade de Santiago de Compostela, reside no Berzo desde o ano 2003 e teve diversas ocupações laborais na sua vida, de professor de aulas particulares a chofer, passando por jardineiro, auxiliar administrativo, empregado de mesa ou trabalhador de um call center.

Para além de diversos textos em revistas, jornais e volumes coletivos, tem publicado três livros de poesia: Quen nos defende a nós dos idiotas? (Letras de Cal, Compostela, 1997); Mongólia. Umha entidade estatal rugosóide (Artefacto Editorial, Compostela, 2001); O livro das confusons (Ediçons Infinitas, Ponferrada, 2006).

Na rede podem conhecer-se algumas das suas iniciativas artístico-culturais desenvolvidas nos últimos anos, como a exposição “Poesia para ver/Poesia para ler”, o cadáver esquisito “Há uma certa luz incompreensível na distância (Um cadáver na rede)”, ou a iniciativa “Escreve o abecedário!”.

Página do autor
INTERESSADO VISITE A NOSSA LOJA