Carrinho 0

Igor Lugris

Igor Lugris

Igor Lugris nasceu em Melide em 1971. Licenciado em Filologia Hispânica pola Universidade de Santiago de Compostela, reside no Berzo desde o ano 2003 e teve diversas ocupações laborais na sua vida, de professor de aulas particulares a chofer, passando por jardineiro, auxiliar administrativo, empregado de mesa ou trabalhador de um call center.
Para além de diversos textos em revistas, jornais e volumes coletivos, tem publicado três livros de poesia: Quen nos defende a nós dos idiotas? (Letras de Cal, Compostela, 1997); Mongólia. Umha entidade estatal rugosóide (Artefacto Editorial, Compostela, 2001); O livro das confusons (Ediçons Infinitas, Ponferrada, 2006).

Na rede podem conhecer-se algumas das suas iniciativas artístico-culturais desenvolvidas no últimos anos, como a exposição “Poesia para ver/Poesia para ler“, o cadáver esquisito “Há uma certa luz incompreensível na distância (Um cadáver na rede)” ou a iniciativa “Escreve o abecedário!“.

Apenas um resultado