Carrinho 0

Paula Godinho

Paula Godinho

(Lisboa, 1960)
É antropóloga, investigadora no Instituto de História Contemporânea e professora asso­ciada com agregação no Departamento de Antropologia da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Lecciona como docente convidada e conferen­cista em várias universidades.
Realizou trabalho de campo ao longo de vários anos em Portugal, na fronteira entre Portugal e o Estado espanhol, e na Galiza, sobre reprodução social, festas e rituais, resistência e movimentos sociais, usos políticos da memória e práticas do património, processos de emblematização, turistificação e mercantilização da cultura, topografias do poder, culturas de fronteira e nacionalismos de diáspora.
Memórias da Resistência Rural no Sul (Couço, 1958-1962), Celta, 2001; O Leito e as Margens, Colibri, 2006; Festas de Inverno no Nordeste de Portugal, 100 Luz, 2010; «Oír o galo cantar dúas veces.» Identificacións locais, culturas das marxes e construción de nacións na fronteira entre Portugal e Galicia, Ourense, Imprenta da Deputación, 2011, são alguns dos livros que publicou.
Organizou ainda, entre outras obras, Antropologia e Performance. Agir, Atuar, Exibir, 100 Luz, 2014; Usos da Memória e Práticas do Património, Colibri, 2012; Máscaras, Mistérios e Segredos, Colibri, 2012.

Apenas um resultado

Ver carrinho “O futuro é para sempre” foi adicionado ao seu carrinho.

O futuro é para sempre

16,00 IVA incluído