Carrinho 0

Através Clube,

O clube do livro galego-português na Galiza

O Através Clube nasceu para abrir uma nova etapa com novas hipóteses para nos relacionarmos com as pessoas que nos leem.

Queremos que tenhas mais facilidades. Queremos que as pessoas que gostam de nós, do que publicamos, de ler com nh e ç… estejam informadas de todas as novidades editoriais e possam apoiar, ainda mais, o nosso projeto. Cada clubista é uma pedra matriz da nossa casa editorial.

Duas semanas antes da saída de cada um dos nossos livros receberás um email com todos os detalhes dessa novidade: características e preço com 20% de desconto sobre o preço ao consumidor (e as despesas de envio grátis dentro do Estado espanhol). Caso queiras o livro, nada é preciso fazeres. No caso de o livro não ser do teu interesse, só terás que responder o mail e indicá-lo.

Num máximo de duas semanas desde a newsletter, receberás comodamente a novidade na tua morada.

Editaremos entre 10 e 12 livros por ano e sempre com 20% de desconto para os sócios do Através Clube. Assim de simples, assim de fácil.

 

Como funciona?

 

• 10 dias antes de o livro estar impresso enviamos um mail informando sobre a edição em curso

• Se estiveres conforme nada mais tens a fazer

• Caso não queiras receber o livro só tens de responder o mail indicando-o

• Os livros serão cobrados na tua conta bancária depois de serem enviados

• Após subscrever receberás informação das novas edições da ATRAVÉS (mas só compras o que quiseres)

• Desconto de 20% sobre o preço de cada livro

• Envios à casa gratuitos (dentro do Estado espanhol)

• 10-12 livros ao ano


FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO

(*) Campos obrigatórios

Pagamento por domiciliação bancária (utiliza de preferência o formato IBAN):


Formato CCC (caso nom se indique IBAN):


Número de conta se estiver noutro formato diferente de IBAN ou CCC:





De conformidade com o RGPD os seus dados de carácter pessoal serão tratados dentro do sistema de tratamento denominado “Subscritores” com a finalidade de enviar-lhe o nosso newsletter assim como as novidades editoriais. Poderá exercitar os direitos de OPOSIÇÃO, ACESSO, RETIFICAÇÃO, LIMITAÇÃO, SUPRESSÃO E PORTABILIDADE mediante escrito dirigido à ASSOCIAÇOM GALEGA DA LÍNGUA (AGAL) Rua de Emílio e de Manuel, nº 3, r/c, 15702 Compostela.

NOVIDADES EDITORIAIS:


Em 2012, Luís Gonçales Blasco “Foz” apresentava um vasto livro sobre a política e organização exterior da UPG nos seus primeiros anos. Com o presente texto, o livro cresce e é revisto, mostrando como a UPG encontrou, em Portugal, um lugar para fazer política contra a ditadura franquista e, da mesma forma, contra a política antisalazarista. A relação com a esquerda portuguesa continua, de facto, a ser uma parte fundamental da política do nacionalismo galego. Abordam-se aqui, também, as relações da UPG com os partidos espanhóis à esquerda do PSOE e, ainda, com os partidos nacionalistas não signatários da Carta de Brest.

Este volume apresenta, em suma, um olhar privilegiado da história política da Galiza contemporânea, no tempo do tardofranquismo e da Transição, dada a implicação política do seu autor na história que relata. O livro caminha entre esta história política documentada e o relato em primeira pessoa de momentos importantes da história do soberanismo galego, como o episódio em que se ouve, pela primeira vez, Zeca Afonso, na Galiza.

Luís Gonçales Blasco (Foz, 1941) contacta em 1960 com o grupo Brais Pinto. Na Galiza, incorpora-se no Conselho da Mocidade, de onde será expulso, como todos os membros considerados “comunistas”, pelo sector pinheirista. Com uma boa parte dos expulsos e pessoas de gerações anteriores, como Luís Soto e Celso Emílio Ferreiro, fundam a UPG a 25 de julho de 1964. Passa à clandestinidade em janeiro de 68 e, meses mais tarde, procura asilo político na França. Em 1969, com a ajuda inicial de Henrique Harguindey, começa a organizar a infraestrutura e a militância europeia da UPG. Em 1978, abandona a UPG para se integrar no Partido Galego do Proletariado, assistindo ao seu congresso fundacional. Desde então, move-se sempre no mundo do independentismo, organizado ou sem organizar.

Professor aposentado de Língua e Literatura, membro da AGAL e académico da Academia Galega da Língua Portuguesa, tem publicado trabalhos em revistas, como Agália ou o Boletim da AGLP, bem como em livros coletivos ou de homenagens. Antes de publicar, em 2012, “A política e a organizaçom exterior da UPG (1964–1968)”, o seu trabalho mais ambicioso nesse campo, tinha publicado “Da crise no Comité Central da UPG em 1976 à cisom da FPG em 1989”, no livro coletivo “Para umha Galiza Independente”, coordenado por Domingos Antom Garcia e publicado em 2000.

 

 


 

Título: A UPG em Portugal e alguma coisa mais 

Autor: Luís Gonçales Blasco “Foz”

Coordenador: Vítor Giadás

Data de impressão: setembro 2022, 1ª edição

Edita: Através Editora. Edição promovida pela AGLP.

Género: Ensaio

Descrição: 144 páginas, 14 x 214 cm

Encadernação: brochado

Coleção: Através de Nós,30

Diagramação: Miguel Durão

Capa: Miguel Durão 

ISBN: 978-84-16545-75-9 

Depósito legal: C 1362-2022 

PVP: 13 €

 


O preço do volume nas livrarias será de 13€, mas para quem se subscrever ao Através|Clube até 20 de setembro aplicaremos um desconto de 20%. Os portes são de graça dentro do Estado espanhol.



FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO

(*) Campos obrigatórios

Pagamento por domiciliação bancária (utiliza de preferência o formato IBAN):


Formato CCC (caso nom se indique IBAN):


Número de conta se estiver noutro formato diferente de IBAN ou CCC:





De conformidade com o RGPD os seus dados de carácter pessoal serão tratados dentro do sistema de tratamento denominado “Subscritores” com a finalidade de enviar-lhe o nosso newsletter assim como as novidades editoriais. Poderá exercitar os direitos de OPOSIÇÃO, ACESSO, RETIFICAÇÃO, LIMITAÇÃO, SUPRESSÃO E PORTABILIDADE mediante escrito dirigido à ASSOCIAÇOM GALEGA DA LÍNGUA (AGAL) Rua de Emílio e de Manuel, nº 3, r/c, 15702 Compostela.