Carrinho 0
Continue lendo...

Iolanda Aldrei: “Os livros prometem pervivência e antecipam os diálogos livres”

Eva Xanim conversa com a autora de Entrecontar. Que nos queres “Entrecontar” no teu livro? Entrecontar, mais que a uma fórmula narrativa, responde a uma vontade de polifonia, a um encontro de vozes, de histórias, de sentires. Quero abrir as janelas de um coletivo de individualidades fechadas em coordenadas impostas, que chegou a acreditar que essas estruturas eram reais, e mesmo que eram lógicas. Quero libertá-lo no labirinto, no direito de perder-se e achar-se por…

Continue Lendo
Continue lendo...

Diego Bernal e Xoán Lagares: “Muitos dos problemas do galego seriam resolvidos se ouvíssemos Carvalho”

Valentim Fagim conversa com os coordenadores da Antologia de textos para pensarmos a língua, Diego Bernal e Xoán Lagares. Que guiou o vosso processo de seleção? Porque estes textos? Os artigos de Carvalho Calero recolhidos na Antologia foram publicados nas décadas de 70 e de 80. É nessa etapa quando o professor se dedica de forma mais intensa a pensar a língua, sem dúvida por causa do momento histórico que se estava a viver, de…

Continue Lendo
Continue lendo...

Diego Bernal: “A cultura e língua do Brasil tem muito de bom para oferecer ao povo galego”

Reproduzimos a entrevista publicada no Portal da Língua o passado mês de março e assinada por Sabela Fernández. De prosa descontraída e rigor imenso, o livro de Diego Bernal, Português do Brasil. O galego tropical, que foi recentemente publicado por Através editora é a constataçom de que a variante portuguesa além Atlântico nunca “extranha” mas, ao contrário, “entranha”, se se nos permitir mudar livremente a frase do Fernando Pessoa. Publicamos uma conversa com o autor…

Continue Lendo
Continue lendo...

José Luís Rodríguez nos trilhos da língua

Apresentamos a entrevista que fez o Valentim Fagim para o Portal Galego da Língua a José Luís Rodríguez. A Através Editora inaugurou o Ano Carvalho Calero com um livro de conversas com um dos seus discípulos mais relevantes na questione della lingua na Galiza. Este livro foi concebido não apenas como uma homenagem a José Luís Rodríguez, mas como um texto que permita encontrar chaves para entender o passado e construirmos o presente. capa do…

Continue Lendo
Continue lendo...

Marco Neves: “Espero abrir os olhos aos leitores portugueses para a proximidade real entre o português e o galego”

A Através Editora, chancela editorial da AGAL, desejava desde quase o seu início publicar um livro sobre a questão identitária da nossa língua, na Galiza, mas de uma ótica portuguesa. Então apareceu um dos melhores candidatos, Marco Neves, professor na Universidade Nova de Lisboa, tradutor, autor de vários livros de divulgação linguística e do imperdível blogue, para os amantes do facto linguístico, Certas Palavras. Marco, o título do livro é uma pergunta. Dá para ser…

Continue Lendo
Continue lendo...

Teresa Moure: “Sempre digo que não tenho vocação de linguista”

Valentim Fagim conversou com Teresa Moure, autora de Linguística eco-, o último fruto da Através Editora, um alimento incontornável para as pessoas que vêem as línguas para além da utilidade e que gostam de arranhar no espelho. No prólogo do livro, da autoria de Moreno Cabrera, ele começa a indicar que a autora está comprometida com a defesa da diversidade linguística sem esta inclinação afetar a fotografia da realidade que mostra. Foi uma dificuldade transitar…

Continue Lendo

Elias Torres, Roberto Samartim: “Os agentes que se movem polo sistema cultural galego estão relativamente cómodos nas suas respetivas tradições”

No passado setembro colocámos nas livrarias Sobre conflito lingüístico e planificação cultural na Galiza contemporánea. Com este motivo Teresa Crisanta Pilhado, diretora da Através, entrevista Elias J. Torres Feijó e Roberto Samartim.   O livro está formado por cinco artigos de cada um de vós, todos eles ligados com a planificação linguística e cultural. Para além duma visão explicativa da situação atual, vamos encontrar alguma proposta? Parece-nos que vamos, mais como consequência que como explicitação. Só algumhas,…

Continue Lendo
Continue lendo...

Tore Janson : “Aqueles que exercem o poder numa sociedade geralmente tendem a favorecer a sua forma de uso da língua e a olhar para outras formas como secundárias ou indesejáveis”

O último livro da Através, da coleção Através da Língua, já está disponível na rede de livrarias galega e portuguesa. O PGL conversou com o autor, o professor sueco Tore Janson, sobre A História das Línguas. Janson foi professor de latim na Universidade de Gotemburgo, mais tarde tornou-se professor de línguas africanas. É afiliado ao Departamento de Linguística da Universidade de Estocolmo. Um dos seus grandes focos de investigação é a maneira como as línguas…

Continue Lendo
Continue lendo...

“O norueguês: Bokmål vs. Nynorsk” de Lars S. Vikør disponível para descarregamento

Valentim Fagim. – Em 2015 lançámos o livro Quem fala a minha língua? 2, coordenado polo professor Robert Neal Baxter, da Universidade de Vigo. Tal como o seu predecessor, a sua razão de ser era mostrar línguas onde a questão identitária estava aberta ou onde existia mais de um modelo de língua padrão. Em palavras de Neal Baxter:  “Os artigos reunidos neste livro analisam uma série de exemplos concretos onde fica patente a plasticidade da…

Continue Lendo